Atualmente, esta seção não inclui nenhum conteúdo. Adicione conteúdo nesta seção usando a barra lateral.

Image caption appears here

Add your deal, information or promotional text

2 - Navegação na Ilha da Madeira na primavera

* Os viajantes devem ter mais de 14 anos e menos de 80 anos para serem elegíveis a embarcar na viagem

4 beliches disponíveis

Destino: Madeira: Funchal - Porto Santo - Desertas - Funcha

Datas: 18-22 de abril (embarque às 10h00, desembarque às 10h00)

Milhas: 100 mn

Destaques da viagem

  • Uma viagem com todo o conforto no recentemente renovado Santa Maria Manuela
  • Partida das históricas encostas vulcânicas do Funchal
  • Experimente na prática a arte de velejar em todos os aspetos da vida do navio
  • Observe baleias e golfinhos, peixes, ouça e conte histórias no bar ou perca-se com um bom livro
  • Apoie o nosso projeto de ciência cidadã de sensibilização para o problema do lixo marinho
  • Pare para nadar nas águas azuis cristalinas de Porto Santo com a sua praia de 9 km
  • Após o desembarque, pode passar alguns dias a explorar a ilha da Madeira, com as suas encostas impressionantes

Voyage description

À medida que a Europa emerge das longas noites de inverno, somos atraídos pelas fascinantes ilhas semitropicais do arquipélago da Madeira. Se o que procura é navegar em águas estivais, mares azuis profundos e praias arenosas, esta viagem é para si. O Santa Maria Manuela parte da maravilhosa ilha do Funchal em direção ao deslumbrante ancoradouro e areias douradas de Porto Santo. Na viagem de retorno, o navio atravessa a reserva natural das Ilhas Desertas.

Içamos as velas e navegamos em direção a oeste sob a sombra da antiga ilha vulcânica da Madeira, com as luzes do Funchal a iluminar o céu noturno. À medida que nos afastamos da ilha a sotavento e que as ondas largas se fazem sentir sob o casco, ficamos com a primeira impressão de que estamos, de facto, no meio do Oceano Atlântico. A água é tão azul que quase parece que os deuses derramaram um pote de tinta quando conceberam o arquipélago.

O convite está feito para uma participação plena em todos os aspetos da navegação durante esta curta passagem entre ilhas, do manejo do leme ao ajuste das velas, e da prática da navegação às subidas ao mastro.

Os nove quilómetros de areia fina e dourada de Porto Santo, banhados pelas águas turquesa do Atlântico proporcionam uma vista invejável para os passageiros do Santa Maria Manuela. O navio ancorará mesmo diante desta praia, que em 2012 foi considerada por votação nas "7 Maravilhas: Praias de Portugal" como "a melhor praia de dunas", havendo quem diga que tenha virtudes medicinais. Após um mergulho nas águas tépidas de Porto Santo, nada melhor do que descontrair nas dunas antes de os apreciadores do pôr do sol retornarem ao navio.

Não há pressa em retornar ao Funchal. Após sair de Porto Santo, há tempo para passar pela Reserva Natural das Ilhas Desertas, três ilhas inabitadas, preservadas no seu estado mais puro (Deserta Grande, Ilhéu Chão e Bugio). Além da mística pardela, conhecida por desovar nas costas rochosas desta ilha com uma paisagem lunar, as Ilhas Desertas albergam uma colónia de focas-monge mediterrânicas, também conhecidas por lobos-marinhos, as focas mais raras do mundo.

Navegaremos então para norte, de volta à exuberantemente verde ilha da Madeira, com a sua floresta primitiva de loureiros, levadas singulares, cascatas e vistas de cortar a respiração, e a sempre florida cidade do Funchal.

Pesquisa